Notícias

Dia da Alimentação na Ressano Garcia

Arcimboldo foi a inspiração para, no Dia Mundial da Alimentação, 16 de outubro, os alunos das turmas do 1º, 2º anos e as crianças do JI descobrirem a importância de uma alimentação saudável.

Em casa, o 1º B também criou autorretratos em família, sempre inspirado em Arcimboldo.

«Festa da Poesia» na Semana da Leitura da BEJO

Neste ano letivo, a Semana da Leitura da BEJO decorreu em junho, no final do 3º período, com uma feira do livro manuseado (parceria da BEJO e da BERG), projeção de filmes, quizzes sobre obras estudadas e sessões de poesia.

Nas duas «Festas da Poesia» dinamizadas, participaram turmas do 4º (EB Engº Ressano Garcia) , 5º, 6º, 7º ,8º e 9º anos. Foram lidos belíssimos poemas originais e de autores escolhidos pelos alunos. Houve leituras individuais, coletivas e musicadas. Foi mesmo uma festa!

É com muito orgulho que deixamos, como exemplo da qualidade do trabalho dos nossos alunos, o poema do aluno Xavier Eliseu, do 7ºA:

«Na casa inclinada / Da Rua Da Avenida / Pintada de cor garrida / Opaca e transparente / Mora um louco consciente / De que ele é o único são / E que os outros loucos são / Por viverem na realidade / Quando podem pintar com a mente / De cor garrida, opaca e transparente / Como o louco consciente / Tal glutão saciado»

«Indie Júnior» na BEJO

«Sons da realeza», de Filip Diviak

Decorre, na Biblioteca da Escola Josefa de Óbidos, até 13 de maio, a 19ª edição do Festival de Cinema Indie Lisboa, com sessões de cinema destinadas a turmas de 1º e 2º ciclos e integradas na categoria Indie Júnior.

Este ano, os filmes destinados ao 1º ciclo são Um Dia Lá Fora, de  Ana Horvat, Croácia, animação, 2021, Guarda de Honra, de  Edmunds Jansons, Letónia, animação, 2021, Luce e o Rochedo, de  Britt Raes, Bélgica, animação, 2022, Omar e Pincette  de Julien Sulser, Suíça, animação 2021, Patrulha e as Sementes de Pára-Quedas , de Clémentine Campos, Inès Bernard-Espina e Mélody Boulissière, França, animação, 2021, e
Sozinhos no Elevador  de Anastasia Papadopoulou, Grécia, animação, 2021.

Já para o 2º ciclo, temos Contos de Água Salgada, de  Alexandra Petit , Antoine Carre, Martin Robic, Rodrigo Goulão de Sousa e Tamerlan Bekmurzayev, França, animação, 2021, Estrelas no Mar, de  Seung-Wook Jang, Coreia do Sul, animação, 2021,
A Fantástica Competição de Voos, de  John Croezen, Países Baixos, animação, 2021,
O Fato de Mergulho de Klingert, de  Artur Wyrzykowski, Polónia, animação, 2021 e
Sons da Realeza, de  Filip Diviak, República Checa, animação, 2020.

Os 241 alunos e professores de 2º ciclo que assistiram ao Indie Júnior votaram no seu filme preferido, tendo vencido Sons da realeza (89 votos), seguido de O fato de mergulho de Klingert (59 votos), Estrelas no mar (40 votos), Contos de água salgada (31 votos) e A fantástica competição de voos (22).

10ºB participa em projeto da Casa Fernando Pessoa

Encontro com o ilustrador João Catarino no Jardim da Parada

No âmbito da Bienal Arte & Educação, que se realizará em 2023, a Casa Fernando Pessoa, tendo como mediadora a Biblioteca da Escola Josefa de Óbidos, através da sua coordenadora, envolveu os alunos do 10º B e sua Diretora de Turma, a professora Carmela Mabere, no projeto piloto «Caminhos improváveis».

O projeto procura o desenvolvimento da criatividade e do espírito crítico, proporciona a fruição estética de obras artísticas e procura estreitar laços entre a Escola e a comunidade local, promovendo o conhecimento do património histórico, literário, artístico e cultural do bairro de Campo de Ourique.

Através de visitas de estudo para exploração do bairro, os alunos assinalarão em diários gráficos, através de anotações, registo fotográfico ou desenho, pontos relevantes que farão parte de um mapa coletivo a apresentar e a divulgar no final do ano letivo.

Para esse efeito, a turma e as docentes envolvidas tiveram, no dia 31 de março, no Jardim da Parada, uma sessão de orientação para uso do diário gráfico com o ilustrador João Catarino. As alunas Fabiana Amorim e Beatriz Ferreira realçaram as características invulgares da iniciativa: «Gostei muito (…) porque nos foi possível experienciar novas atividades que normalmente não fazemos.»; «Foi uma experiência divertida, inovadora e diferente. Aprendemos a olhar e a apreciar as coisas de uma maneira completamente diferente da que fazíamos habitualmente.» Para Beatriz Flores, foi uma atividade importante para incorporar a arte», pois «no ensino secundário é raro tê-la em conta.» Já a aluna Emiliya Kikeeva testemunhou o seguinte: «Achei a atividade interessante, porque me mostrou que a arte pode ser criada em qualquer lugar. Mesmo em relação a um parque, que parece um sítio banal, pode-se encontrar uma forma artística de o ver.»

Este projeto está inserido no Projeto Cultural de Escola «Identid’Arte», criado no âmbito do Plano Nacional das Artes.

«Maus», de Art Spiegelman, no Clube de Leitura da BEJO

O Clube de Leitura da Biblioteca da Escola Josefa de Óbidos, destinado a alunos do Ensino Secundário, continua neste período. Após a leitura de O assassinato de Roger Ackroyd, de Agatha Christie, de Jane Eyre, de Charlotte Bronte e de O deus das moscas, de William Golding, desta vez a escolha recaiu na novela gráfica de Art Spiegelman.

Maus (“rato”, em alemão) tem como tema o Holocausto e relata a história de Vladek Spiegelman, pai do autor, sobrevivente do campo de concentração de Auschwitz. A novela foi publicada em duas partes (a primeira em 1986 e a segunda em 1991), tendo ganho o Prémio Pulitzer em 1992.

I am Greta

A Biblioteca da EBS Josefa de Óbidos organizou, em novembro, duas sessões no Cinema Ideal destinadas a alunos do 3º ciclo e ensino secundário, para visionamento do documentário I am Greta, de 2020, realizado por Nathan Grossman. Merece a pena ver o filme? O aluno Gabriel Avritzer, do 11ºB, explica:

«O filme I am Greta é um documentário que visa relatar a vida de Greta Thunberg, uma adolescente sueca, vítima da síndrome de Asperger, que dá uma lição à humanidade acerca de como lidar com a crise climática. O documentário deveria ser praticamente obrigatório a todos, pois mostra com maestria os problemas do aquecimento global.

   A obra cinematográfica consegue claramente captar os sentimentos da protagonista de tal forma que os transmite ao telespectador, causando um efeito abalador. Pela minha experiência, o documentário foi muito impactante, me fez repensar muitas das minhas ações e de alguma forma encarar a crise climática de maneira diferente.

Apesar dos diversos aspetos positivos, houve certas partes do filme que me decepcionaram. Os discursos da Greta perante as Nacões Unidas foram brutalmente cortados, o que, na minha visão, prejudicou o seu impacto e falhou em transmitir a mensagem intendida pela ativista. Além disso, o facto de o documentário ter apenas uma hora e meia fez com que diversas passagens da história da Greta ficassem demasiado resumidas. Isto claramente prejudicou a intenção do documentário de retratar a jornada da protagonista.

  Portanto, levando tudo que foi citado em consideração, o longa-metragem conseguiu, para mim, ter um resultado muito positivo. Foi bem sucedido em transmitir os sentimentos da protagonista, o que, na minha opinião, é o principal. Esse filme deve ser visionado por todos, pelo facto de se inserir perfeitamente no contexto atual e tentar de alguma forma consciencializar seus espectadores.»

Agatha Christie no Clube de Leitura da BEJO

O Clube de Leitura da BEJO, destinado a alunos do Ensino Secundário, começou em novembro, com uma sessão prévia destinada à escolha de obras a ler neste ano letivo. As sessões são mensais e, assim, para o mês de novembro, foi escolhido um livro da clássica autora de policiais Agatha Christie: O assassinato de Roger Ackroyd. Reunidos na 6ª feira passada, os membros do Clube mostraram-se agradados com a facilidade de leitura da obra e com a imprevisibilidade do desfecho.

Os alunos já têm consigo os exemplares do livro de dezembro: Jane Eyre, de Charlotte Bronte.

«5ª do Conto» com a autora Teresa Noronha

No passado dia 21 de outubro, a escritora, ativista social e antropóloga Teresa Noronha esteve na Biblioteca da Escola Josefa de Óbidos para apresentar aos alunos do 5º D e do 5º E o livro, publicado este ano, Na Rota das 7 Luas, escrito por si e ilustrado por Ruben Zacarias. Esta foi a sessão inaugural da rubrica «5ª do Conto», dinamizada pelo professor Francisco Lopes, menbro da Equipa da Biblioteca.

Teresa Noronha explicou aos alunos que este livro nasceu da vontade de comunicar com o seu neto Rodrigo, de 4 anos, durante o confinamento. Estando fisicamente longe um do outro, houve a ideia de reforçar os laços que os uniam através de histórias, sete das quais (uma para cada dia da semana) formam a obra.

A autora cativou a assitência com a sua simpatia, generosidade, expressividade e talento, lendo várias dos seus contos – «A ervilha média e o pé de feijão», «A gazela amarela e o macaco peludo», «O azul, o amarelo e o verde» e «Nas margens do rio sem nome» – todos eles um incentivo à alegria, à solidariedade e à aceitação da diferença.

Muito obrigada, Teresa! E visite-nos sempre!

«Outubro, mês das Bibliotecas Escolares»

«Uma viagem pela Biblioteca»

A Biblioteca da Escola Josefa de Óbidos celebrou, durante o mês de outubro, o Mês Internacional da Biblioteca Escolar.

Quanto tempo posso ficar com um livro em casa? Onde estão os livros do Astérix?… Começámos o mês com visitas à biblioteca para todas as turmas de 5º ano. Nestas sessões, todos os alunos ficaram a saber como está organizado o espaço e que serviços oferece. E ainda aprenderam como se chama cada uma das partes de um livro – a capa, contracapa, lombada, badana, miolo, folha de rosto, guardas.

Em seguida, organizámos atividades em torno do tema deste ano: «Contos de fadas e contos tradicionais de todo o mundo». Falámos a alunos de 5º e 6º anos sobre literatura oral, recordámos contos de fadas e seus autores. E houve hora do conto: lemos Corre, corre, cabacinha, na versão de Alice Viera, e fizemos a leitura sonorizada de Ombela, de Ondjaki / ilustrações de Rachel Caiano. Usámos um pau de chuva! Imitámos a chuva! Maravilhoso.

3º lugar para o 4ºB da EB Ressano Garcia com desafio de escrita

A turma 4ºB da EB Engº Ressano Garcia concorreu ao «Campeonato de Ciência e Escrita Criativa» promovido pela Editora 20|20, e alcançou o 3º lugar. Os livros da coleção O Clube dos Cientistas da foram o desafio para este campeonato, que promove o estudo das ciências através de obras de ficção. Os alunos escreveram um novo final para um dos títulos da coleção, incluindo um novo protocolo de experimentação científica. Muitos parabéns aos vencedores e às professoras Conceição Faria (professora titular) e Margarida Costa (professora bibliotecária), que os acompanharam!