«Indie Júnior» na BEJO: votos do público

Os alunos da Escola Josefa de Óbidos que participaram na atividade «Indie Júnior» já escolheram o seu filme preferido.

No grupo dos filmes dirigidos a alunos do 2º ciclo, o grande vencedor, com 64% dos votos, foi A minha vida em Versalhes, uma curta metragem de animação realizada por Clémence Madeleine Perdrillat e Nathaniel H’limi. Trata-se da história da nova vida de Violette, uma menina que perdeu os pais nos atentados de Paris e vai morar com o seu tio Régis no Palácio de Versalhes. Seguiram-se os filmes Laços de família, com 17% dos votos, Guardas do ginásio e Chá das cinco, com 7%, e Ao largo, com 5%.

Também a seleção de filmes para alunos do 3º ciclo teve um claro vencedor. Trata-se do filme canadiano Beleza, de Christina Willings, um documentário que aborda a questão da identidade de género e que arrecadou 65% dos votos. Seguiu-se a animação Paraíso dos músculos (17%), e depois os filmes Trampolim sincronizado, Brincar às escondidas e Diferenças, os três com 5% da votação. Por último, Flores de papel obteve 3% dos votos.

O resultado da votação será transmitido à organização do Festival de Cinema Indie Lisboa, em que o Indie Júnior se insere.

Ciclo Tim Burton na BEJO

O estranho mundo de Jack

Por ocasião do Halloween, a Biblioteca da Escola Josefa de Óbidos organizou sessões de cinema para turmas dos 2º e 3º ciclos e do ensino secundário, homenageando o famoso realizador, escritor e ilustrador norte-americano Tim Burton. Os filmes em cartaz são O estranho mundo de Jack, A noiva cadáver e Frankenweenie, para o 2º ciclo, e Eduardo mãos de tesoura, A lenda do cavaleiro sem cabeça e Sweeney Todd para o 3º ciclo e para o ensino secundário.

Os Diretores de Turma e professores de línguas poderão inscrever turmas mediante o calendário proposto e enviado por mail.

Indie Júnior na BEJO

As Bibliotecas do Agrupamento, em articulação com o IndieLisboa Festival Internacional de Cinema, estão a organizar sessões de visionamento dos filmes para crianças e jovens que fizeram parte da edição deste ano (IndieJúnior 2020).

As sessões destinam-se a turmas do pré-escolar e dos 1º, 2º e 3º ciclos de escolaridade, têm cerca de 45 minutos de duração e incluem 5 a 6 curtas-metragens, geralmente de animação. No final de cada sessão, os alunos podem votar no filme preferido e debater os temas tratados.

O IndieLisboa Festival Internacional de Cinema vai já na 17ª edição, divulgando essencialmente obras que se encontram fora do circuito comercial de circulação.